Paris - hospedagem

Por Rachel Duarte

Se hospedar nessa cidade romântica pode lhe custar alguns bons euros. Os melhores hotéis são super caros, e os não tão melhores também não são baratos. Quanto mais perto do centro, mais o preço aumenta. Ficar entre os 1eme e 6eme parece ser a melhor opção pelo quesito localização, que pra mim é o ponto mais importante quando se escolhe um hotel/apartamento. Quando fui fiquei duas vezes em Montparnasse (14eme) e uma em Belleville-Père Lachaise (20eme), não por escolha minha mas por acaso:

--> 1ª vez - dois amigos já estavam com passagens e hotel reservados para ir à Paris e faltando um mês para o dia da viagem resolvi ir junto. Total intrometida! O hotel reservado por eles foi o Mistral em Montparnasse. Super simples, sem luxo, sem café da manhã, sem elevador (a pior parte) e quartos pequenos. Nossa sorte foi que viajamos apenas com malas de mão e mochila, então o perrengue com o elevador foi minimizado. 

--> 2ª vez - uma super amada amiga estava em Paris à trabalho e, como não nos víamos tinha um tempinho, resolvi encontrar com ela lá (eu estava morando em Praga). Ela já tinha um apartamento alugado pelo tempo que ficaria na cidade e eu simplesmente caí por lá. Era um apartamento pequeno, estilo loft em Belleville-Père Lachaise, super pertinho do cemitério. 

--> 3ª vez - eu não sou fã de carnaval, então sempre que dá eu meto o pé nessa época. Já era janeiro e eu não havia resolvido onde ir em fevereiro! Super encima da hora minha mãe sugeriu ir à Paris e topei. Pelo pouco tempo que tínhamos, resolvi fechar por agência e deixar que tudo fosse resolvido pela empresa. Podem imaginar como essa idéia não saiu muito barata, então das três opções de hotéis que nos deram escolhemos a mais em conta. Ficamos no Hotel Campanile em Montparnasse.

Gostei de ficar em ambos os bairros por não serem turísticos e por poder se sentir um verdadeiro parisiense e frequentar bares, restaurantes e outros ambientes que os locais vão. 

O único ponto que é chato é a distância em relação aos pontos turísticos.

A cidade é dividida por 20 distritos administrativos, os chamados "arrondissements" (eme). O número 1 é a região central e é circundada pelas outras 19, como dá pra ver aqui no mapa:

Vou listar aqui algumas opções e sugestões de hospedagens:

--> APARTAMENTOS

Eu, particularmente, sempre tento me hospedar em apartamentos - me sinto como se fosse parte da população local, fora que acho mais agradável, intimista, pessoal, me sinto em casa. Sempre, em todas as viagens, vou ao Airbnb e procuro opções de apartamentos.

Aqui alguns exemplos em Paris: 


Outros sites para aluguel de apartamentos:

- Paris Attitude

- Rent Paris

- New York Habitat

- Mon Paris

--> HOTEIS DESIGN / BOUTIQUE

Como qualquer design de interiores que se preste, eu adoro esses hotéis e Paris - como diria Hemingway - é uma festa nesse quesito! Oba!! Não é sempre que dá pra ficar hospedada ($$$$$), mas é sempre que o olhinho pisca em ver essas belezas. 

- Hotel Amour

Design de André Saraiva, empresário da noite e grafiteiro sueco. 

São 24 quartos com decoração bem diferente uma da outra e divertida. Alguns quartos foram decorados pelos artistas: Marc Newson, Pierre Le-Tan,  Alexandre de Betak, Terry Richardson e Sophie Calle.

Já fui ao restaurante desse hotel, que é uma graça.

Endereço: 8, Reu Navarin - 9eme


- Le Royal Monceau

Palácio parisiense de 1928 reformado com assinatura de Philippe Starck, não tem como não entrar na lista! Contém 149 quartos que mistura decor clássico e contemporâneo em cores pastéis.

Endereço: 37 avenue Hoche (17eme) - próximo ao Arco do Triunfo


- Hotel Sezz

São 26 quartos com bastante vidro, metais e linhas retas. Bem cosmopolita.

Decoração por Christophe Pillet, design francês que já foi colaborador de Philippe Starck por alguns anos até seguir carreira solo.

Endereço: 6, avenue Frémiet (16eme) - próximo ao Trocadéro/Torre Eiffel


- Hotel Mansart

Tem 57 quartos com decoração em estilo fracês tradicional.

Endereço: 5, rue des Capucines (2eme) - na esquina da Place Vendôme, próximo da Ópera Garnier


- Hotel Banke

Possui 94 quartos em estilo barroco moderno. Em cada andar há uma coleção de jóias étnicas, esculturas e obras de arte de diferentes continentes e civilizações, incluindo Papua Nova Guiné, Índia, Tibete, bem como tribos africanas antigas.

Endereço: 20 rue Lafayette - próximo da Ópera Garnier


- Le Meurice

Hotel de 1835 reformado por Philippe Starck, sempre ele! e sua filha Ara Starck. Possui 160 quartos decorados no estilo cássico francês, e um terraço com uma estonteante vista para o Jardim de Tuileries.

No passado inúmeras pessoas importantes se hospedaram aqui, desde a rainha Victoria á Salvador Dalí. Era aqui que o crème de la crème da sociedade parisiense se encontrava.

Endereço: 228 rue de Rivoli (1eme) - colado ao Jardim de Tuileries, próximo ao Louvre.


- Hotel Daniel

Decorado pelo estúdio Tarfa Salam Design de Londres, esse charmoso hotel tem estilo francês e influência oriental. As áreas comuns contam com papéis de parede chineses feitos à mão, tapetes orientais e antiguidades sírias, já as paredes dos 26 quartos são forradas por papéis de parede Toile de Jouy também pintados à mão.

Endereço: 8 rue Frederic Bastiat (8eme) - próximo da Champs Elysées


- Hotel Seven

Diferente de tudo já visto. Super moderno, psicodélico e high tech. São 35 quartos sendo 7 com temas cinematográficos como 007 e Alice no país das maravilhas e os outros quartos com camas e banheiras flutuantes. Parece ter sido super divertido trabalhar no projeto de interiores desse hotel.

Endereço: 20, rue Berthollet (5eme) - próximo ao Jardim de Luxemburgo (Quartier Latin)


- Le Bellechasse

Com decoração moderna e excêntrica esse hotel conta com 34 quartos assinados pelo estilista Christian Lacroix. Aqui encontramos bastante cores, tecidos e texturas.

Endereço: 8 Rue Bellechasse (7eme) - pertinho do Musée d'Orsay


- Mamma Shelter

Tem como não amar Philippe Starck? Mais um do nosso querido designer francês!

O primeiros dos cinco Mammas espalhados pela Europa, sendo quatro na França e um em Istanbul, tem 174 quartos equipados com televisores iMac, muitas cores preto e cinza e muita descontração com máscaras e escritos no teto e paredes. Pode tirar foto do quarto através da tv e guardar ou enviar pros amigos. Ou enviar pro restaurante localizado no primeiro piso. 

Aceita pequenos animais domésticos (de até 12 kg) e tem quartos por €79 a diária.

Endereço:  109 rue de Bagnolet (20eme) - próximo ao cemitério Père-Lachaise


- L'Hotel

Oscar Wilde passou seus últimos dias no quarto 16 desse hotel, além dele outros ex-residentes incluem Marlon Brando , atriz e cantora Mistinguett e escritor Jorge Luis Borges, que escolheu o hotel para passar seus últimos dias como seu escritor de infância Oscar Wilde.

Tem 20 quartos em estilo barroco.

Endereço: 13 Rue Des Beaux-Arts (6eme) - perto da Pont des Arts e Musée du Louvre


- Le Citizen

Com 12 quartos, sendo alguns com vista para o Canal Saint-Martin, esse hotel inaugurado em 2010 possui decoração moderna usando bastante madeira e linhas retas. 

Endereço: 96 Quai de Jemmapes (10 eme) - perto da Place de la Republique


--> ALBERGUES, BED & BREAKFAST E PREÇOS EM CONTA

- Marais House

Esse b&b fica em uma casa de 5 andares e tem apenas 4 quartos. 

O endereço não está no site, só é revelado após confirmação de reserva. Super privado! Só se sabe que fica perto do Pompidou/Beaubourg Museum, Museu Picasso, Louvre e Place des Vosges.


Hotel Particulier Montmartre

 É uma antiga residência privada de 1700 (que já pertenceu à fampilia Hèrmes), com um jardim exuberante desenhado por Louis Benech, o arquiteto paisagista que renovadou o Jardim de Tuileries. Propriedade  da design de interiores Morgane Rousseau, esse pequeno hotel conta com  5 quartos espaçosos desenhados por 5 artistas diferentes: Martine Aballca,  Natacha Lesueur,  Philippe Mayaux, Olivier Saillard e Pierre Fichefeux.

Endereço: 23, avenue Junot, Pavillon D (18eme) - perto da Basílica de Sacré Cœur


- St Christopher's Paris Hostel

Esse hostel que fica a beira do maior lago artificial de Paris, o Bassin de la Villette, possui 300 camas e excelente infraestrutura. 

Endereço: 159 rue de Crimée (19eme)


- Une Chambre à Paris

Um b&b de apenas um quarto, totalmente exclusivo para um casal. Super bem localizado em Montmartre, com uma visão belíssima. 

Endereço: 18 rue Gabrielle (18eme) - perto da Basílica de Sacré Cœur


- Le Maison Saint-German

São 4 tipos de acomodações, cada uma mais bonitinhas e mais acolhedora que a outra. Cada acomodação tem seu próprio banheiro e cozinha. Super privacidade. 

Endereço: 158 boulevard Saint Germain (6eme)



INFOS

- Brasileiros não necessitam de visto para períodos até três meses, acima disso é necessário obtê-lo.

 

- Passaporte com validade de 6 meses a contar da data do embarque.

 

- Seguro viagem: obrigatório com valor mínimo de € 30.000 para garantir assistência médica por doença ou acidente.

 

- Moeda: Euro

 

- Idioma: Francês. O inglês não é tão falando como em outras cidades européias, mas a grande maioria entende e dá pra se virar - mesmo quando eles fazem questão de responder em francês.

 

- Fuso horário: 

No horário de verão brasileiro (de outubro a fevereiro) a diferença é de 3 horas a mais em Paris

No horário de verão tcheco (de março a outubro) a diferença é de 5 horasa mais em Paris


Observação

Os valores podem sofrer alterações com o decorrer do tempo.

Compartilha, deixa a notícia viajar por aí, vai!



Dá uma olhadinha aqui ó:

Paris - comer

Paris - passear

Paris - transporte