Taiwan | O que fazer em Taipei

Por Joanna Romano


Confesso que fomos parar em Taiwan por acaso… Quando a gente estava planejando a nossa viagem para a Austrália, já tínhamos em mente que iríamos ligar para a companhia aérea e pedir um “stop” de alguns dias no pais que fossemos fazer conexão (Essa eh uma ótima maneira de conhecer um lugar novo por um preço super em conta, e ainda dar uma “quebrada” na viagem, tornando-a menos cansativa.). Começamos as buscas por passagens, e a mais barata que achamos para as datas que queríamos, tinha uma parada em Taipei. Compramos as passagens, e por apenas $50 USD a mais cada, a gente conseguiu adiar o voo saindo de Taipei para Brisbane. 

Demos uma pesquisada em alguns blogs e anotamos tudo que achamos interessante sobre Taipei. Normalmente quando a gente viaja não costumamos planejar muito, gostamos mesmo é de bater perna e conhecer locais que nos indiquem programas não tao turísticos, mas nesse caso não teve jeito, tínhamos apenas quatro dias para ver o máximo possível. 

O grande dia chegou e embarcamos com destino a um dos lugares mais fantásticos que já fomos!  

A cidade é super moderna, limpa e segura. Em momento nenhum tivemos qualquer tipo de problema para chegar nos lugares. Tudo é bem sinalizado, os transportes públicos são baratos e eficientes, e as pessoas são muito simpáticas e prestativas, mesmo as que não falam inglês. 

Passear pelos diversos mercados que agitam a cidade a noite é sem duvida um “must”! Além de comidas deliciosas (muitas das que provamos até agora não sabemos o que era), tem também muita coisa estranha. Vimos cabeça de pato frita, nariz de porco e o que fazia mais sucesso entre os Taiwaneses, o queijo tofu. Segundo eles, quanto mais fedido o queijo, melhor. A gente quis provar algo exótico, já que estávamos ali, então optamos pela sopa de cobra! O caldinho tem uma cor amarelada e um cheiro super enjoativo, não curtimos... Já a carne tem o gosto um pouco parecido com frango. Não estava uma delicia, mas valeu a experiência!

Um outro programa noturno bem popular entre os locais é o karaokê, andando pela cidade você vê casas noturnas de karaokê em tudo quanto é canto. Esse a gente resolveu pular, pois com certeza a gente teria sido vaiado tentando cantar em chinês! 

No centro de Taipei tem um prédio sensacional de 101 andares que um dia já foi o maior do mundo. O prédio é tão alto que só vale a pena pagar para ir ate o topo se o céu estiver completamente limpo, senão as nuvens não deixam você apreciar a vista. No trigésimo quinto andar desse prédio tem um Starbucks que é aberto ao público mediante reserva. É só ligar no dia anterior e reservar um horário para tomar o seu café nas alturas! Não chegamos a ir no topo do prédio, pois deixamos para ir no nosso ultimo dia e o tempo estava fechado. Pra falar a verdade, ficamos bem satisfeitos com a vista do Starbucks, que dá pra ver uma boa parte da cidade.


 Nesse prédio também tem um dos restaurantes mais badalados de Taipei, o Din Tai Fung, e o melhor, com um preço que não doí no bolso. Quando fomos tinha uma fila de espera de mais ou menos uma hora, mas quando provamos os famosos soup dumplings entendemos o porquê!

Falando em restaurante, um que com certeza nunca vamos esquecer é um chamado Modern Toilet. O restaurante todo é decorado com tema de banheiro! Os assentos são privadas, as bebidas são servidas em um mini mictório e a comida, dependendo do que você pede vem num pinico ou numa mini privada. Acho que nem preciso dizer em que formato veio o sorvete de chocolate que pedimos de sobremesa! 


Outra coisa bem popular por lá é o bubble tea, uma mistura de chá e leite com umas bolinhas gelatinosas no fundo, provamos diversos sabores e aprovamos todos!

Durante o dia tem muita coisa legal pra fazer, só de andar sem destino pelas ruas já se vê bastante coisa diferente, inclusive templos lindos e cheios de detalhes.

Pra quem curte fazer trilhas, subir a Elephant Mountain para assistir o pôr do sol é um programão, e de quebra você ainda vê de lá o Taipei 101 todo iluminado quando anoitece!

taipei-taiwan-o-que-fazer

Para relaxar e fugir um pouco daquele burburinho de cidade grande, simplesmente pegue um ônibus e vá passar o dia em Wulai. Essa  cidadezinha nos encantou desde o primeiro segundo! Famosa pelas suas piscinas de águas quentes naturais, Wulai também tem diversos hotéis com piscina de água quente nos quartos. A gente quando foi optou pelas piscinas ao ar livre, que além de serem de graça, ainda tem uma vista maravilhosa para o rio. 

Mas como nem tudo são flores, vamos falar da parte ruim da viagem! 

Ops! Não teve parte ruim, só mesmo o momento de dar tchau pra esse país sensacional! 

E você? Tem alguma história de viagem bacana pra contar? Então...


Compartilha, deixa a notícia viajar por aí, vai!


Comments: 3 (Discussion closed)
  • #1

    Tio Betinho. (Friday, 13 March 2015 13:34)

    Deve ter sido muito bom. Ainda vou a Taipei. Aqui continua uma merda mas tb tem tai pei. Tai pa na cara e pei (tiro) .
    Bjo Joanna.

  • #2

    sabrina Ramires (Friday, 13 March 2015 18:29)

    Nossa q lugar lindo... bjs querida!!

  • #3

    Danielle Araujo (Monday, 26 September 2016)

    É interessante ver o relato de alguém que não está acostumado com a Ásia. Tofu é tofu, assim como farofa é farofa. Mas aqui, virou queijo, rs. Águas termais virou 'piscina quente'. São duas coisas completamente diferentes. Águas termais são quentes naturalmente e possuem propriedades medicinais (há uma tabela que as classificam segundo suas características).
    Moro no Japão e ainda não estive em Taiwan. Valeu pelas dicas! Fiquei com mais vontade de ir!