Chapada dos Veadeiros

Por Gabi França

Quer conhecer um lugar lindo, com altas cachoeiras, rios cristalinos, trilhas, paredões de pedra, mar de morros no cerrado brasileiro? Então sua próxima viagem já tem lugar certo: Chapada dos Veadeiros. Para chegar lá o aeroporto mais perto é o de Brasília, são mais ou menos 260km (3 horas) para chegar no paraíso, sem muitas dificuldades, a estrada é bem sinalizada e fácil de dirigir. Recomendamos alugar um carro para conhecer bem a região, já que as  atrações estão espalhadas por três cidades diferentes: Alto Paraíso, São Jorge e Cavalcante.


estrada-cerrado-goias-chapada-dos-veadeiros-movimento

Escolhemos São Jorge para nos hospedar, é uma pequena vila, então você consegue andar pelas suas ruas a pé para passear e comer - tem lojinhas, artesanatos, restaurantes e bares. Tudo por lá é rústico, calmo e colorido. Ficamos na Pousada Caminho das Cachoeiras, por conta da proximidade do Parque Nacional, a localização da pousada é excelente. Simples, mas limpa e funcional, que é o que importa. Café da manhã gostoso e redes espalhadas pelo jardim. Além do que as atrações que escolhemos eram mais perto de lá (escolher as atrações é uma tarefa bem difícil, tem muita coisa legal para fazer). Fomos no Carnaval, que não é a época mais indicada por causa da chuva, mas demos sorte e tivemos todos os dias de sol. A melhor época é na seca, entre maio e setembro. E se puder ficar mais de 4 dias, fique! Tenho alguns passeios para voltar e fazer. Não conhecemos Cavalcante, até hoje sonho em mergulhar nas águas cristalinas da Cachoeira de Santa Bárbara – vai ficar para próxima!

vila-sao-jorge-artesanato-lojinhas-chapada-dos-veadeiros-goias

Dia 1

Vale da Lua: foi no mesmo dia que chegamos e depois de voo e estrada, nada de caminhadas pesadas. Lá você praticamente chega de carro, uma caminhada bem tranquila, 600m apenas. As formações rochosas do Vale da Lua são inacreditáveis de lindas e lembram uma paisagem lunar por isso tem esse nome. Você paga para entrar e fecha 17h.

vale-da-lua-chapada-dos-veadeiros-goias-cachoeiras
vale-da-lua-chapada-dos-veadeiros-goias-cachoeira

Dia 2

Parque Nacional: quando fui era obrigatório guia, hoje não é mais. Se for feriado chegue cedo para conseguir entrar, a visitação é gratuita mas tem limite de visitantes por dia e por trilha. O parque abre às 08h da manhã. São quatro trilhas no total: Travessia das Sete Quedas (2 ou 3 dias de percurso), Trilha dos Saltos e Trilha dos Cânions (4h-6h) e Trilha da Seriema (1h30). Fomos na Trilha dos Cânions, que tem extensão aproximada de 12 km ida e volta, com nível de dificuldade moderado, o percurso é feito quase todo plano sem muitas subidas. Passamos por uma ponte belíssima e fomos na Cachoeira da Carioca e no Cânion II. Na Cachoeira da Carioca a descida é bastante íngreme, esse é o único trecho de maior dificuldade da trilha.

parque-nacional-chapada-dos-veadeiros-goias-ponte-natureza
cachoeira-carioca-chapada-dos-veadeiros-goias-parque-estadual-trilha

dia 3

Fazenda São Bento: com extensão de 3000 hectares, a propriedade possui 3 cachoeiras. A mais bonita é a Almecegas que são 43 metros de queda livre. E tem uma pedra para os mais corajosos saltarem. Vale a pena conferir. Na fazenda tem várias atrações, é ótimo para crianças, no site tem tudo bem explicadinho. Você paga taxa para visitação, mas não precisa de guia.

almecegas-fazenda-sao-bento-cachoeira-chapada-dos-veadeiros-goias

Dia 4

Fazenda Novo Horizonte: onde acontece o encontro dos rios São Miguel e o Tocantinzinho, são pequenos cânions, e algumas pequenas praias de rio ótimas para relaxar. A trilha é bem fácil, mas a estrada para chegar na propriedade de carro convencional é chatinha, então se tiver chovido evite ir para lá.

encontro-dos-rios-aguas-chapada-dos-veadeiros-fazenda-goias

Info

- Mais informações sobre a Chapada dos Veadeiros entre em Veadeiros Oficial

 


Créditos fotográficos por Heitor Vilela


Compartilha, deixa a notícia viajar por aí, vai!



Dá uma olhadinha aqui ó:


Cape Town

Taipei

Deserto do Atacama