Railay Beach e Koh Phi Phi

Por Gabi França


Próxima parada: Railay Beach e Koh Phi Phi. Pegamos um voo de Koh Samui para Krabi, tínhamos duas opções para chegar no nosso destino, preferimos ir para Krabi do que para Phuket. Ouvi falar que Phuket é muito cheio, tem muito turista. E também pelo mesmo motivo preferimos ficar hospedados em Railay Beach e não em Koh Phi Phi. Ficamos em um hotel fantástico, acho que o melhor da minha vida, o nome é Rayavadee, apesar de ser um hotel grande, você tem sempre a sensação de privacidade. Olhem essa piscina, demais né? 

piscina-hotel-rayavadee-tailandia-railay-beach
piscina-hotel-rayavadee-tailandia-railay-beach

Os quartos, ou melhor, as casas são afastadas uma das outras, dando uma sensação enorme de privacidade. Ficamos no quarto mais simples, mas que para mim já era mais do que maravilhoso! Dois andares, sala de tv, um banheiro com banheira, um lavabo, cama grande, edredom maravilhoso e esquilos na nossa janela todos os dias de manhã. Na primeira vez levei um susto, pois não sabia de onde estava vindo o barulho. 

chalé-rayavadee-railayt-beach-tailandia

Ah, levei susto com os macacos também. Tive que fugir deles na volta do café! Coisa mais linda de se ver.

macacos-asia-tailandia-railayt-beach-rayavadee

O hotel tem diversas atividades, fizemos aula de yoga e muay thai. Sempre deixam no seu quarto a programação completa da semana. E deixam também um pote de cookies, que acabava toda dia, claro! 

muay-thai-tailandia-asia

O café da manhã é maravilhoso, tem tudo e mais um pouco. E dois dias na semana, eles oferecem cortesia o chá da tarde que é uma delícia também. 

cha-da-tarde-rayavadee-tailandia-asia

O hotel é muito bem localizado, com saída para as 3 praias de Railay Beach: East Side (mangue, não dá para mergulhar), West Side e a mais linda de todas Phra Nang. Os passeios e os restaurantes no hotel são muito caros, vale a pena fechar por fora. Só no último dia que jantamos no restaurante do hotel, jantar romântico, com música ao vivo e a comida excelente. Ficamos 6 dias por lá e queria ter ficado 20.

jantar-rayavadee-lagosta-tailandia

No East Side tem várias lojinhas que vendem os passeios. Os preços são um pouco semelhantes, mas vale pesquisar. Na maioria dos passeios você pode escolher ir de Long Tail Boat - tradicional na Tailândia, de Speed boat - lancha ou de Big boat – um barco maior. O preço vai aumentando, claro. Mas às vezes compensa ir no "mais caro" ou pegar a opção do long tail que é a mais barata e pedir que seja particular. Quando fomos para Koh Phi Phi pegamos essa opção particular com a Elisabeth da Andaman, amamos o serviço e você faz as coisas no seu horário. Feche com antecedência pela internet (ela vive lotada), é um passeio longo, de dia inteiro, mas estávamos dispostos a passar por isso para ficar na paz de Railay. Antes de chegar em Maya Bay passamos pela Bamboo Island, que é linda e pela baía Wah Long que ficamos encantados, um dos lugares mais lindos da vida. É a Tailândia das fotos, a Tailândia dos sonhos.

bamboo-island-tailandia
wah-long-tailandia-koh-phi-phi

Quando chegamos em Maya Bay, logicamente estava cheia de turista, afinal todo mundo quer conhecer essa praia que é linda mesmo cheia de gente. Muitas pessoas preferem fazer o tour na parte da tarde, porque fica menos cheio (os turistas que saem de Phuket sempre vão na parte da manhã e voltam no início da tarde, então dá uma esvaziada). Além disso, você curte um pôr do sol maravilhoso na volta do Tour. Mas no nosso caso, como estávamos hospedados em Railay e não em Phi Phi não teve como. A praia é linda mas é pequena, então quanto menos gente, melhor. Fizemos um picnic almoço na praia ao lado. Foi muito legal e depois fomos para lá.

pic-nic-almoço-koh-phi-phi-mayta-bay
maya-bay-a-praia-tailandia-asia-koh-phi-phi

Na volta passamos para Monkey Beach que é linda e estava vazia. Ficamos observando os macacos, como são carinhosos uns com os outros e rindo das pessoas que, para conseguir uma selfie com o macaco, dão comida para eles e acabam perdendo suas coisas. Chegamos em Railay no final do dia. Já para o passeio para Hong Island, fomos de speed boat com mais pessoas. Fechamos no centrinho mesmo. Só fizemos esses dois passeios por lá, o restante dos dias aproveitamos o hotel e as praias de Railay. Antes de chegar na famosa praia de Hong Island, o barco para em algumas ilhas, em uma delas é o almoço. Hong Island é uma unidade de preservação ambiental, a praia é bem grande, mas também fica com bastante turista.

hong-island-tailandia-asia

Pra mim, Railay Beach, foi o lugar mais maravilhoso da viagem, tive vontade de chorar quando cheguei, as paredes de pedra, a praia vazia (depois que os barcos que vem passar o dia vão embora ou de manhã cedinho), o pôr do sol, as pessoas, a simplicidade do lugar, tudo mais do que encantador. Com certeza foi meu lugar preferido da Tailândia.

por-do-sol-tailandia-railay-beach

Info

- Brasileiros não necessitam de visto para períodos até três meses, acima disso é necessário obtê-lo.

 

- Passaporte válido no mínimo 6 meses a contar da data do desembarque (retorno á origem).

 

- Seguro de viagem não obrigatório, mas sempre é bom fazer.

 

- Vacina de Febre Amarela Obrigatória - tomar pelo menos 10 dias antes da viagem e levar o comprovante internacional. A vacina tem validade de 10 anos.

 

- Moeda: Bath

 

- Idioma: Tailandês. Mas dá pra se virar no inglês e na mímica. 

 

- Fuso horário: +10 horas do horário oficial de Brasília

 

- Melhor época:Inverno (ou estação seca), que vai de novembro a abril. 

 

- Os pés são uma diferença cultural importante. Lembrar sempre que não pode entrar com calçados em templos, casas e em algumas lojas. Veja sempre o aviso na porta. E não aponte seus pés no sentido de nenhuma imagem religiosa.

 

- Religião: Predominante budismo

 

- Trânsito: em mão inglesa

 



Compartilha, deixa a notícia viajar por aí, vai!



Dá uma olhadinha aqui ó:


Primeira vez na Ásia | escolhendo os lugares

Koh Tao | onde comer

Koh Samui