Áustria | Salzburg com guia em português  [com mapa]

Por Rachel Duarte

Conteúdo Apoiado


Eu não sou muito fã de fazer passeios com guias. Na maior parte das vezes eles têm uma limitação de tempo e um roteiro definido do que te mostrar e eu gosto de conhecer o que eu quero e no meu tempo, então por isso nem procuro por guias em minhas viagens. Sigo feliz fazendo buscas de informações sobre os destinos e se eu tiver que me perder nos lugares e/ou no tempo não tem problema algum, até porque isso faz parte no processo de descobrir e conhecer novos (e também já conhecidos) locais. 

Quando estava pesquisando sobre Salzburg, recebi a indicação para fazer um passeio com uma guia que falava muito bem português e achei que poderia ser legal para o meus pais, já que a única expressão que eles falam em inglês é thank you. Ok, aceitamos fazer o passeio e conhecer Salzburg com a Martina, como se chama nossa guia. 

Nosso ponto de encontro foi na Mozartplatz, onde tem adivinha o que? Uma estátua de Mozart, ora bolas! Essa praça fica bem em uma das entradas do Centro Histórico de Salzburg, tendo o Mozart como uma espécie de anfitrião para receber todos que por ali passam. Afinal, Salzburg é conhecida como a terra desse compositor clássico e cheio de talento. 

Fomos recepcionados por Mozart mas... cadê a nossa guia? Como ela é? Martina já estava esperando a gente lá pontualmente na hora marcada e quando percebeu que tinham 3 patetas perdidos esperando por alguém na praça ela veio e abordou a gente apontando para uma bolsa de papelão com o meu nome escrito:

- Você é a Rachel?

- Opa, sou eu mesma. Martina? Prazer!

Martina trajava uma blusa verde grama e por cima um blazer verde militar e isso contrastava bastante com seu cabelo de cor vermelho vermelhão. Impossível não saber quem é a Martina! 

Então, vamos começar o tour pelo Centro Histórico de Salzburg, que é reconhecido como Patrimônio da Humanidade pela UNESCO!

Mozartplatz

Além de ser nosso ponto de encontro e principalmente por ser o local dedicado à estátua de Mozart, no entorno dessa praça se encontra o centro de informações turísticas e o inusitado Salzburger Weihnachtsmuseum, que é um museu destinado ao Natal, com vários objetos natalinos e dedicados ao Papai Noel. 

mozartplatz-salzburg-centro-historico-guia-em-portugues

Salzburger Weihnachtsmuseum

Horários: Quarta a domingo de 10h às 18h / Julho, agosto e dezembro: diariamente de 10h às 18h / 24 de dezembro: de 10h às 14h  / Fechado de fevereiro à março.

Valores: Adultos €6 / Crianças €3 / Estudantes e idosos €5 / De graça com Salzburg card.

Site

Residenzplatz

Colada na Mozartplatz, a Praça da Residência é mais uma das 5 espalhadas pelo Centro Histórico. Recebe esse nome porque é ali que fica a Alte Residenz e a Neue Residenz (respectivamente antiga e nova residência dos arcebispos).

A Salzburg Residenz, como é mais conhecida a Antiga Residência, foi durante séculos o local de moradia dos arcebispos e onde eles representavam seus poderes políticos. É possível visitar e ver os imponentes quartos e salas dos antigos moradores. Esse museu faz parte do Dom Quartier Salzburg um complexo que inclui o Museu da Abadia de São Pedro e o Museu da Catedral de Salzburg.  

Neue Residenz possui uma torre com um carrilhão onde os sinos tocam todos os dias às 7h, 11h e 18h. Segundo nossa super guia, as músicas variam de acordo com a temporada e as festividades locais. 

O edifício da Nova Residência deu abrigo ao Salzburg Museum, que narra a historia artística e cultural da cidade com coleções medievais e de arqueologia, exibições sobre o reinado dos arcebispos, artistas, pintores e influenciadores da época.

residenzplatz-salzburg-centro-historico-guia-em-portugues

Dom Quartier Salzburg

Horários: Quarta a segunda de 10h às 17h / Julho e agosto: de quinta a terça de 10h às 17h - quarta de 10h às 18h / 28 de novembro à 6 de janeiro: aberto todos os dias de 1h às 17h

Valores: Adultos €12 /  Crianças até 6 anos de graça / Crianças acima de 6 anos €5 / Estudantes e idosos €10 / Família €27 / De graça com Salzburg card

Site

Neue Residenz

Horários: Terça a domingo de 9h às 17h / 24 e 31 de dezembro de 9h às 14h / 1º de janeiro de 13h às 17h

Valores: Adultos €8,50 /  Crianças de 6 a 15 anos €3 / Jovens de 16 a 26 anos €4 / Família €17 / De graça com Salzburg card

Site

Kapitelplatz

kapitelplatz-salzburg-centro-historico-guia-em-portugues

Essa aqui é mais uma... adivinha o que?!? Praça!! E é nessa que fica a atual moradia do arcebispo de Salzburg e a fonte Kapitelschwemme, que tem Netuno como personagem central. Mas o que chama atenção mesmo é a Sphaera, uma escultura de 9 metros de altura formada por um esfera de duas toneladas, banhada à ouro, com uma figura masculina no topo olhando em direção ao Festung Hohensalzburg (a famosa fortaleza de Salzburg). A obra foi criada pelo artista alemão Stephan Balkenhol, que adora criar esculturas de pessoas. 

 

Ao lado da grande obra de arte dourada, há um grande tabuleiro de xadrez e uma feirinha de artesanato e produtos locais no fundo.

 

É nessa praça que fica a entrada para a ruela que leva até a subida ao Festung Hohensalzburg.

Domplatz

domplatz-catedral-salzburg-centro-historico-guia-em-portugues

Nessa altura você já deve ter percebido que platz significa praça, né? Essa é a quarta que percorremos nesse tour guiado e nela fica a Dom Zu, a Catedral de Salzburg.

Cinco pontos me chamaram a nossa atenção nessa praça: 

- O primeiro foi o formato dela, um retângulo todo fechado. Parecia que eu estava dentro de uma caixa, para ser mais real ela parece mais um pátio interno. 

- Logo em seguida a escultura central com seus personagens pretos contrastando com o restante da obra em cor clara. Chegando mais perto vemos quatro personagem na base sendo um anjo e um demônio e no topo, como personagem principal, a Virgem Maria. 

- Depois a entrada da Catedral, na fachada, se observa três números diferentes: 774, 1628 e 1959. Esses são anos que representam, respectivamente, a fundação da Catedral, a conclusão da obra de ampliação que originou na forma atual e por último quando houve a reforma da cúpula após ser destruída por uma bomba durante a Segunda Guerra Mundial. Ao lado das datas notamos 4 estátuas que representam São Pedro, São Paulo, São Ruperto e São Virgílio, tendo os dois último como santos patronos.

- O quarto ponto é uma coroa dourada, carregada por dois anjos, que se vê na fachada da Catedral, mais precisamente no centro na segunda seção horizontal, sobre a janela. Se você se posicionar no lado oposto, logo debaixo de uma passagem em arcos, de frente para a estátua da Virgem Maria, essa coroa se encaixa direitinho em sua cabeça! Acho que dá para ver na foto... 

- E a última curiosidade se encontra no chão dessa passagem em arcos, justamente no arco do meio, se nota 2 linhas douradas. Segundo a Martina, essas são 2 linhas simbólicas usadas antigamente para dividir a parte da cidade (lado esquerdo olhando para a Catedral) da parte do convento (lado direito).

Vale a pena entrar na Catedral. Ela é bonita por dentro, possui cinco órgãos independentes e foi nela que Mozart foi batizado. E a fonte do batismo permanece lá para quem quiser ver! 

Dom Zu

Horários: Janeiro, fevereiro e novembro: segunda a sábado de 8h às 17h, domingo e feriado de 13h às 17h / Março, abril, outubro e dezembro: segunda a sábado de 8h às 18h, domingo e feriado de 13h às 18h / Maio a setembro: segunda a sábado de 8h às 19h, domingo e feriado de 13h às 19h.

Valores: de graça.

Site

Stiftskirche sankt peter

O mosteiro de Salzburg é lindo por dentro. Nesse dia só ficamos na parte de fora no pátio interno, porém visitamos o interior, o cemitério e a catacumba, que ficam ao lado da entrada do mosteiro, em outro dia. O Mosteiro de São Pedro foi fundado em 696 por São Ruperto, o mesmo que tem uma estátua na porta da Catedral, e é repleto de detalhes no seu interior barroco.

O cemitério - Petersfriedhof - também é lindo, acho que um dos cemitérios mais lindos que já fui (só perde para o de Hallstatt). Foi uma das locações do filme A Noviça Rebelde e onde foi enterrada a irmã de Mozart.

A catacumba, sinceramente, não achei nada demais. A vista para o cemitério é boa e só, mas como no dia estava chovendo valeu a pena entrar.

Petersfriedhof-cemiterio-salzburg
Stiftskirche-sankt-peter-mosteiro-sao-pedro-salzburg

Stiftskirche Sankt Peter

Horários: Todos os dias de 8h ao meio dia e de 14:30 às 16:30.

Valores: €8 / De graça com Salzburg card.

Petersfriedhof

Horários: Verão de 6:30 às 19h / Inverno de 6:30 às 17:30

Valores: De graça

Catacumbas

Horários: Maio a setembro de 10h às 18h / Outubro a abril de 10h às 17h

Valores: Adultos €2 / Crianças, estudantes e idosos €1,5


KLEINES FESTSPIELHAUS, GROSSES FESTSPIELHAUS, Universitätsbibliothek e Große Universitätsaula

Saindo do Mosteiro de São Pedro, demos de frente com uma construção simples: fachada sem muitos detalhes, somente com umas máscaras em alto relevo perto da porta pesada e imponente e o que parece ser um órgão centralizado sobre a mesma porta. É o Kleines Festspielhaus, que desde 2006 mudou o nome para Haus für Mozart, que quer dizer Casa para Mozart. Aqui são apresentados espetáculos de concerto e ópera. É um dos espaços que abrigam os espetáculos durante o Salzburg Festival, famoso e importante festival de música e teatro que acontece na cidade.

Na extensão, germinado ao Haus für Mozart, está o Grosses Festspielhaus (Grande Casa do Festival) que foi construído em 1956 e inaugurado em 1960 para o Salzburg Festival

Grosses Festspielhaus festival-halls-salzburg-university
Grosses Festspielhaus

Grosse Universitätsaula, o Grande Auditório da Universidade, é esse prédio na direita em frente da fonte na foto ao lado. Mozart e seu pai, Leopold, já se apresentaram nesse auditório tendo Mozart (filho) composto a ópera Apollo et Hyacinthus, K. 38, aos 11 anos de idade. Foi fundado em 1622 e teve sua última reforma concluída em 2005.

festival-halls-salzburg

'Nessa foto ao lado, o edifício a esquerda é o Grosses Festspielhaus e o de frente, quase na mesma cor, é a Universitätsbibliothek, conhecida por nós como Biblioteca da Universidade. Foi fundada em 1652 e contém milhares de exemplares, sendo 1.100 manuscritos, 375 da Era Medieval e Barroca que datam do século 8. Além de ser usada pelos alunos, a biblioteca está aberta ao público também.


Universitätsplatz

A quinta praça de Salzburg é a que tem menos cara de praça, parecendo mais uma rua. Nela funciona um mercado, o Grünmarkt (mercado verde), que existe desde o século 18 e vende frutas, legumes, flores, pães, queijos, chocolates e outras coisitas maravilhosas - mas a gente focou mesmo na barraca de chocolates!

No seu entono estão edifícios do século 14, porém o que se destaca é a Kollegienkirche, uma belíssima igreja barroca que foi construída entre 1696 e 1707. Seu interior é simples, sendo tudo branco em contraste com o piso e alguns detalhes decorativos em madeira e  mármore. O pé direito impressiona pela altura. 

Universitätsplatz-salzburg-o-que-fazer
Kollegienkirche-salzburg-university-squere-o-que-fazer

Grünmarkt

Horários: Segunda a sexta de 7h às 19h / Sábado de 7h às 15h (exceto feriados) / 4 sábados no Advento de 6 às 19h

Kollegienkirche

Horários: Diariamente de 9h às 18h

Valores: De graça

Getreidegrasse

É a rua comercial do Centro Histórico de Salzburg. Tem cereal no seu nome (getreide), ou seja, na tradução literal seria Rua dos Cereais, porém nunca houve ligação com cereal nenhum! Enfim... mas é uma rua bem movimentada e frequentada pelos turistas, não sei se pelas lojas - sendo várias delas de souvenirs com muito chocolate Mozart - ou se pelo sinais, que fazem alusão à um período passado, pendurados na porta de cada estabelecimento. 

Outro motivo que faz essa rua ficar repleta de gente é pelo fato que no edifício número 9 fica o local onde a grande estrela de Salzburg viveu parte de sua vida, o Mozarts Geburtshaus. Mozart nasceu em 27 de janeiro de 1756 e a família residiu no terceiro andar do edifício amarelo de 1747 a 1773 e desde 1880 virou um museu onde é possível ver os quartos originais com objetos, instrumentos, documentos, lembranças, retratos e uma série de recordações da família Mozart.

Getreidegrasse-salzburg-o-que-fazer-roteiros
casa-museu-mozart-viveu-salzburg

Mozarts Geburtshaus

Horários: Todos os dias de 9h às 17:30 / Julho e agosto de 8:30 às 19h

Valores: Adultos €10 / Crianças de 6 a 14 anos €3.50 / Jovens de 15 a 18 anos €4 / Família €21 / Estudantes e idosos €8.50 / De graça com Salzburg card 

Site

Fürst

Depois de tanta andança, chegou a hora da recompensa: chocolates! E não é qualquer chocolate não, são bolinhas especialmente deliciosas feitas com marzipã, pistache, nougat e chocolate preto de comer querendo mais

Quem nunca viu aquele chocolate redondinho embrulhado em papel alumínio amarelo com a carinha do Mozart? Já viu? Mas não! Não é esse que eu estou falando, esse é só uma cópia do Fürst que é o original, muito mais gostoso e feito à mão. O chocolate do Fürst vem enrolado em papel alumínio prateado e com detalhes em azul. Paul Fürst foi quem criou a receita do famoso Mozartkugel (como são chamadas bolinhas de chocolate) em 1890, e depois ganhou medalha de ouro pelo chocolate redondinho na Exibição de Paris de 1905. Agora a produção está sob a direção da quinta geração da família. 

furst-mozartkugel-chocolate-original-salzburg
furst-mozartkugel-chocolate-original-salzburg-comer

Fürst (loja original)

Endereços: Brodgasse, 13

Horários: Segunda a sábado de 8h às 20h / Domigo de 9h às 20h

Site

Zwettler's

Voltamos para o nosso ponto de encontro, na Mozartplatz, para terminar nosso tour com a Martina. Depois de conhecer e aprender bastante coisa de Salzburg e sua história, era hora de se alimentar com uma comida gostosa e o restaurante escolhido foi o Zwettler's, que fica pertinho da praça de Mozart. 

O ambiente nos remete às antigas tavernas com pequenos toques modernos, como os detalhes de pilares de estruturais em pedra aparente e as vigas em madeira, as mesas e os bancos pesados em madeira escura, alguns detalhes em ferro, os vários objetos pendurados nas paredes, as tubulações aparentes e os trilhos com luminárias. E como estava fazendo um certo friozinho nesse dia, esse conjunto todo nos deu calor para apreciarmos nossas refeições com conforto.

Comemos salada com queijo feta e pesto, os tradicionais pratos austríacos wiener schnitzel (conhecido por nós como bife a milanesa, que pode ser de carne vermelha, frango ou porco) e o gulash (típico da Hungria que depois conquistou todo o Império Austro-Húngaro). Tudo muito gostoso acompanhado de vinho tinto e cerveja.

Para finalizar escolhemos um doce bem típico de Salzburg, o salzburger nockerl: uma espécie de suflê bem leve feito de ovos, açúcar, baunilha e pouca farinha sobre uma cama de geleia de frutas vermelhas. 

onde-comer-em-salzburg-zwettlers
onde-comer-em-salzburg-zwettlers-restaurante-goulash
onde-comer-em-salzburg-zwettlers-restaurante
onde-comer-em-salzburg-zwettlers-salzburguer-nockerln

Zwettler's

Endereço: Kaigasse 3

Horário: Terça a domingo de 11:30 à 1h / Não abre segunda

Site

Observação

Os valores podem sofrer alterações com o decorrer do tempo.


Rachel viajou com o apoio da Tourismus Salzburg GmbH

Compartilha, deixa a notícia viajar por aí, vai!


Dá uma olhadinha aqui ó:


Praga: Staré  Město

previa-roteiro-italia

Prévia roteiro Itália: Puglia, Sicília, Capri, Costa Amalfitana e Toscana

Paris - passear